segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Lapa VIIIb - Igreja Nossa Senhora do Desterro

postagem original: 27/07/2016
última atualização: 25/12/2017



Hoje, num daqueles maravilhosos acidentes de internet que vez ou outra nos acontece, acabei por me deparar com um catálogo de 1898 de uma fábrica francesa de revestimentos cerâmicos, a Faiencerie de Choisy-le-Roi (Seine). Mal abri a primeira página, e não podia acreditar! Lá estavam quase todos os azulejos da Igreja de Nossa Senhora do Carmo da Lapa do Desterro!

Para quem não viu a postagem original sobre esta igreja, onde contei um pouco sobre sua história, recomendo uma visita a este link [>>].

Lapa VIII - Igreja Nossa Senhora do Desterro

postagem original: 29/03/2013
última atualização: 25/12/2017



Volto a mais uma igreja com cúpula, bem como as torres, azulejadas, a Igreja de Nossa Senhora do Desterro, cujo nome completo é Igreja de Nossa Senhora do Carmo da Lapa do Desterro, e que alguns chamam simplificadamente como Igreja de Nossa Senhora da Lapa, ou ainda, apenas Igreja da Lapa.

Não deixe de ver esta segunda postagem [>>], onde aponto a possível origem dos azulejos desta bela igreja.

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Centro XLIV - rua Teophilo Otoni

postagem original: 28/09/2013 
última atualização: 20/12/2017


Nesta postagem voltamos uma vez mais à rua Teophilo Otoni, para vermos um casarão de 3 andares que me parece representar uma transição no uso dos azulejos em sua fachada. Quase não há espaço para os azulejos, que ficam apenas acima das janelas no segundo e terceiro pavimento, sendo que neste formando apenas um friso. Pelos azulejos usados (todos aparentam ser do início do século XX), e estilo das janelas e cantaria, o prédio me parece quase uma despedida ao período das fachadas de azulejos.

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Cidade Nova V - Rua Correia Vasques

postagem original: 06/03/2013
última atualização: 12/12/2017


Mais um interessante exemplo de arquitetura do início do século XX, que (aparentemente) reaproveita azulejos antigos, oriundos de demolições de outras áreas da cidade, decorrentes das transformações urbanísticas promovidas naquele momento, para promover o "afrancesando" do Rio de Janeiro.

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Centro XXVIIb - rua do Carmo

postagem original: 04/01/2013
última atualização: 01/12/2017 

Em outubro de 2012 eu fiz uma postagem sobre um pequeno oratório, dedicado à Nossa Senhora do Cabo da Boa Esperança, na rua do Carmo, que pertence à Igreja da Ordem Terceira do Carmo. Esta postagem pode ser consultada neste link >>.

foto de Fábio Carvalho

sábado, 25 de novembro de 2017

terça-feira, 7 de novembro de 2017